/upload/header/Our-History-anni-70.jpg

70s – Pioneiros

1972. Fundada por Romano Volta, Datalogic nasce em uma sala na reitoria da Paróquia no Quarto Inferiore, uma área nos arredores de Bolonha. Inicialmente, a produção está centrada em dispositivos electrónicos, mas logo há uma mudança de direção para a concepção e produção de sensores fotoeléctricos para a indústria têxtil, de cerâmica e de embalagens. Logo uma fabrica maior é necessária, marcando o início da Datalogic em Lippo.

1974. A expansão para o cenário internacional começa, com a abertura de um pequeno escritório em Nürtingen, Alemanha, para a distribuição de produtos Datalogic.

1976. Datalogic começa a vender seus produtos no Japão.

1978. Dada a importância do mercado americano, a primeira empresa comercial nos Estados Unidos é estabelecida.
Até o final da década de 70, a Datalogic fortalece sua rede de vendas e serviço ao cliente, com a criação de subsidiárias em todos os principais países europeus.

80s – Expadindo os horizontes

1980. Há um forte impulso para a investigação no campo de leitores ópticos de código de barras. Aplicações industriais importantes são alcançadas na Europa com os exclusivos scanners a laser, para o qual Datalogic se torna um líder tecnológico e de referência para o setor.

1984. A primeira aplicação em aeroporto de um leitor de código de barras tem lugar, no aeroporto de Linate, em Milão.

1988. Prosseguindo a sua política de expansão internacional, a Datalogic abre novos centros de  pesquisa, produção e de vendas e, durante este ano adquire Memory Systems Escort na Califórnia, atuando no mercado de etiquetas eletrônicas e RFID.
Nesta década, Datalogic possui fábricas, filiais e distribuidores nos cinco continentes da Europa, América, Oceania, Ásia e África.


.

 

90s - Ponto Decisivo

1993. Romano Volta move Datalogic para uma nova organização gerencial. Um ambicioso Plano de Melhoria Estratégica de 3 anos (1993-1995) é lançado, para transformar a Datalogic em "uma realidade industrial, com crescimento constante e sustentado, conhecida internacionalmente por resultados, reputação e imagem". Um verdadeiro momento decisivo para a empresa.

1995. Uma nova unidade de produção abre em Pescara.
1995. Uma joint venture é estabelecida com o grupo japonês Izumi, para desenvolver atividade comercial no Japão e no Extremo Oriente.

1997. Datalogic adquire IDWare Mobile Computing & Communications, o maior produtor europeu de terminais portáteis.

1999. Datalogic alcança a primeira aplicação mundial de tecnologia RFID em uma agencia de correios.

 

Novo Milênio - Inovação para o crescimento

2000. Criação da primeira solução de auto-shopping (ShopevolutionTM), que prevê a utilização de pequenos computadores portáteis com leitores de código de barras integrados que permitem que os clientes possam fazer as suas compras de forma rápida, divertida e acima de tudo sem ter que ficar na fila.

2001. Datalogic está listada na Bolsa Novo Mercado de Milão.

2002. Enquanto isso, a expansão da empresa continua com a aquisição de Minec, um produtor sueco de terminais portáteis.

2004. Datalogic adquire Laservall, uma empresa que trabalha com marcação a laser.

2005. Em Março, a Datalogic adquire Informatics, uma empresa americana na area de vendas online de produtos de identificação automática.

2005. Um marco é atingido no desenvolvimento da Datalogic, com a aquisição, em Outubro de

2005, da empresa americana PSC, localizada em Eugene, Oregon. Datalogic, assim, se torna a terceira empresa no mercado mundial de leitores de código de barras, duplicando o seu volume de negócios. A aquisição do PSC permite Datalogic afirmar o seu estatuto como um verdadeira pioneira no campo de leitores de código de barras. Foi em 26 de Junho de 1974, de fato, que, por primeira vez, o código de barras em um pacote de WrigleyJuicy Fruit foi lido na loja Marsh em Troy, Ohio, usando o primeiro scanner do mundo de balcão, o Magellan Modelo A. Este scanner pode ser encontrado no museu da Datalogic localizado na entrada da fabrica em Eugene.

2006. A nova fábrica de Trnava, na Eslováquia é inaugurada, abrangendo uma área de 5.400 m2.

2008. Datalogic anuncia a aquisição da Datasensor, uma transação de valor industrial grande, que consolida a posição da Datalogic na área de automação industrial.

2009. O prêmio final para Datalogic: em 8 de Junho, Romano Volta recebe o "Prêmio Imprese per l'Innovazione" (Prêmio de Inovação no Comercio) do presidente da Itália, Giorgio Napolitano. Este prêmio reconhece que a empresa tem crescido na Itália e no mundo, investindo em inovação.

2009. Depois da Europa e dos Estados Unidos, a expansão da Datalogic continua na Ásia: em 10 de Julho, o Grupo abre uma nova fábrica no Vietnã, situada no Saigon High-Tech Park (SHTP). Assim, continua a estratégia evolutiva de internacionalização da Datalogic, com expansão global em zonas geográficas estratégicas com recursos locais e instalações para ver um produto através de seu ciclo de vida, desde a concepção à produção e, finalmente, para distribuição e serviço pós-venda.

2010. Datalogic anuncia a aquisição da Evolution Robotics Retail, uma empresa californiana equipada com tecnologia estado-de-arte na área de reconhecimento de padrões visuais.

2011. Datalogic adquire PPT Vision, uma empresa dos EUA, com uma experiência de 30 anos no setor de visão, completando assim a gama de soluções high-end e serviços da Datalogic na área tecnológica inovadora de visão de máquina.

2012. Datalogic conclui a aquisição da Accu-Sort Systems Inc, uma empresa líder no mercado americano na concepção, produção, integração e manutenção de sistemas de identificação automática, localizada em Telford, Pensilvânia. A aquisição da Accu-Sort Systems Inc. permite ao Grupo Datalogic dobrar sua presença no mercado de automação industrial.

2015. A Datalogic adquiriu 20% da CAEN RFID Srl, empresa italiana na vanguarda do RFID (do inglês, Radio Frequency Identification) na banda UHF (do inglês, Ultra High Frequency). Essa aquisição permitiu à Datalogic ampliar sua oferta de produtos, sobretudo nos segmentos de varejo não-alimentício, depósitos e transporte & logística.

 

Voando mais alto

Hoje, Datalogic é a líder mundial em identificação automática, com 12 centros de pesquisa e desenvolvimento em todo o mundo, 350 engenheiros, e mais de 1000 patentes em seu nome.
Soluções inovadoras e produtos da Datalogic são usados em mais de um terço de supermercados e pontos de venda em todo o mundo, bem como em um terço dos aeroportos e serviços de transporte e correios.
Em 2013, a Datalogic alcançou uma receita de 450,70 milhões de euros, dos quais 8,4% estava na Itália, 40,8% na Europa, 31,9% na América do Norte, 12,5% em AsiaPacific, e 6,4% no resto do mundo.
Possui mais de 2.400 funcionários espalhados por 30 países da Europa, Ásia-Pacífico, e os Estados Unidos.